Notícias (

28/07/2021

)
Nota de preocupação sobre a vulnerabilidade dos sistemas operacionais do CNPq

As Sociedade Científicas abaixo assinadas manifestam grande preocupação diante da indisponibilidade dos sistemas operacionais do CNPq, incluindo as Plataformas Lattes e Carlos Chagas, tendo em vista o papel fundamental desses sistemas no gerenciamento da pesquisa científica nacional.

A Plataforma Lattes, com mais de 20 anos de funcionamento ininterrupto, foi concebida para facilitar a gestão e operacionalização do fomento à pesquisa, bem como para uniformizar e centralizar a coleta de dados sobre a ciência realizada em nosso país. O grande êxito dessa iniciativa se reflete na sua adoção como plataforma preferencial de consulta pela comunidade em um sentido amplo e como ferramenta de acompanhamento e avaliação da pesquisa realizada no país, tanto pelo CNPq quanto por outras agências de fomento à pesquisa, federais e estaduais, e por instituições de ensino e pesquisa. Durante esse período, além do Currículo Lattes, a Plataforma Lattes incorporou novas bases de dados e funcionalidades, como o Diretório de Grupos de Pesquisa, o Diretório de Instituições e o Extrator Lattes. Também nasceu a Plataforma Carlos Chagas, que permitiu um gerenciamento mais eficiente de diversos programas implementados pelo CNPq, exercendo protagonismo no salto quantitativo e qualitativo da produção científica nacional nas últimas décadas.

As nossas Sociedades, assim como a comunidade científica em geral, têm se manifestado de forma recorrente sobre as consequências deletérias dos sucessivos cortes no orçamento destinado à ciência, à tecnologia e à inovação. Em particular, o CNPq tem sido fortemente impactado por esses cortes. Além da redução do seu orçamento para o fomento propriamente dito, que são essenciais para o Sistema Nacional de CT&I do Brasil, houve uma expressiva redução em recursos para custeio operacional e para
manutenção de pessoal técnico da agência.

Esta semana, infelizmente, deparamo-nos com um sério problema técnico que levou à indisponibilidade dos sistemas do CNPq, expondo as dificuldades que essa agência tem enfrentado para a manutenção de seus programas e atividades. Parece-nos claro que, em um cenário mais favorável, o controle e a modernização dos equipamentos de TI que dão suporte a esses sistemas poderiam transcorrer de forma suave.

Exortamos as autoridades que definem as políticas de fomento à ciência e tecnologia, e às agências que lhes dão suporte, a reverter esse quadro crítico, recompondo os recursos necessários ao funcionamento pleno do CNPq. Criado em 1951, o CNPq tem alavancado o desenvolvimento da ciência e da tecnologia brasileira, servindo de exemplo, como agência de fomento, para outros países. Mas tal missão só poderá ser mantida através de uma política de financiamento à pesquisa que seja coerente, estável e previsível.

Ao pessoal técnico e cientistas que fazem parte do CNPq, trabalhando com compromisso neste cenário limitado de recursos, manifestamos a nossa solidariedade. Compartilhamos da expectativa de que a restauração do acesso aos sistemas operacionais possa ser feita com a maior brevidade possível.

Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional – SBMAC

Associação Brasileira de Estatística – ABE

Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM

Sociedade Brasileira de Lógica – SBL

Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional – SOBRAPO

Sociedade Brasileira de Matemática – SBM

2021

CONFIRA NOSSOS DESTAQUES

A SBMAC cria um ambiente propício para o intercâmbio de ideias e experiências entre pesquisadores(as), profissionais e estudantes das mais diversas áreas da Matemática Aplicada e Computacional. Parte importante de nossas atividades é dar destaque, através de prêmios e publicações, à pesquisa desenvolvida na área pela comunidade científica.