Notícias (

20/09/2022

)
Conselheiro da SBMAC recebe prêmio do ICIAM

José Mario Martínez foi reconhecido por seu longo trabalho em prol da matemática

Foto: CEPID-CeMEAI

O professor do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e membro do Conselho da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC), José Mario Martínez, foi o grande vencedor do Prêmio Su Buchin 2023 do International Council for Industrial and Applied Mathematics (ICIAM).

Martínez é o primeiro membro de uma universidade brasileira a receber o prêmio. O objetivo da honraria é fornecer reconhecimento internacional para uma contribuição excepcional de um indivíduo na aplicação da matemática às economias emergentes e ao desenvolvimento humano, em particular a nível econômico e cultural nos países em desenvolvimento. Dentre os esforços, estão as iniciativas de melhorar a pesquisa e o ensino matemático nesses países. 

Para ele, é uma grande honra receber esta premiação. “Naturalmente, me sinto muito honrado por receber o prêmio Su Buchin. Sobretudo, porque considera contribuições científicas e educacionais vinculadas aos países em desenvolvimento, objetivo que, com maior ou menor sucesso, esteve presente ao longo de toda minha carreira. Por outra parte, acredito que muitos outros matemáticos e matemáticas latinoamericanos mereceriam essa distinção tanto como eu. De alguma maneira me sinto representante de todos”, afirma.

O docente possui realizações notáveis em pesquisa, numa combinação entre teoria e prática, e tem experiência no desenvolvimento de softwares e aplicativos para a resolução de problemas de otimização em larga escala. Além disso, se destaca em ações de promoção do desenvolvimento das comunidades de otimização e matemática aplicada na região da América Latina.

Criado como uma iniciativa do Center for Scientific Information Analysis and Monitoring (CSIAM), o Prêmio Su Buchin foi concedido pela primeira vez em 2007, sendo atualmente financiado pelo próprio CSIAM e tendo como premiação a quantia de 5 mil dólares.

Membro da Unicamp desde 1978, Martínez é natural da Espanha, foi criado na Argentina e chegou ao Brasil em 1976, após o golpe de Estado realizado pelos militares argentinos. É formado em matemática pela Universidade de Buenos Aires (UBA) e doutor em engenharia de sistemas e ciências da computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Martínez afirma que, apesar de ter conquistado o Su Buchin, ainda continua com muita gana de realizar feitos ainda maiores. “Tenho muitas metas! Estou longe de me sentir satisfeito com o que fiz até agora e desejo manter vivo o entusiasmo pela matemática, suas aplicações e seu impacto no bem-estar de nossos povos. Gostaria de aprender muito mais e contribuir para o desenvolvimento de modelos hidráulicos aplicados a barragens, tema no qual venho trabalhando nos últimos anos”, vislumbra.

Considerado um pesquisador excepcional, Martínez possui inúmeras contribuições para a matemática aplicada. É um professor exemplar, cujos esforços motivaram inúmeros alunos. O professor dedicou sua carreira à otimização e à análise numérica, sendo autor de vários artigos que abordam tópicos como Lagrangianos aumentados, programação quadrática sequencial e métodos de região de confiança. Suas contribuições representam avanços notáveis ​​para resolver problemas de otimização em larga escala por meio de algoritmos e software publicados, juntamente com um profundo envolvimento em uma ampla gama de aplicações.

Seu trabalho foi fundamental no desenvolvimento da pesquisa em matemática aplicada na América Latina. Martínez orientou mais de 60 alunos entre mestrado e doutorado. Foram diversos estudantes de vários países da região, mantendo fortes conexões ao longo do tempo e promovendo colaborações que fortalecem o desenvolvimento de grupos de pesquisa em cada um desses países. Seus ex-alunos, por exemplo, agora são professores em universidades no Brasil, Argentina, Venezuela, Colômbia e Chile. Além disso, foi um importante ator na criação, expansão e consolidação da SBMAC, criada em 1978.

“Felizmente, com a minha orientação se formou uma boa quantidade de doutores de diferentes países da América Latina. Acredito que na maioria dos casos produziram trabalhos de tese de boa qualidade. Por exemplo, o Prêmio Capes de 2007 foi concedido a uma orientada minha, sendo a primeira vez que esse prêmio foi dado a uma matemática. Além disso, vários orientados meus se desempenham com sucesso na academia e na indústria no Brasil e no exterior. Há algumas áreas significativas de otimização que foram iniciadas conosco na Unicamp. Por outra parte, tenho procurado trabalhar em aplicações relevantes em várias oportunidades, com resultados de bastante impacto”, ratifica.

“O ICIAM tem uma longa tradição de reconhecer, através dos seus diversos prêmios, pessoas de destaque na comunidade de matemática aplicada. Para nós, que fazemos parte da SBMAC, é uma enorme satisfação ver que este ano o reconhecimento foi para o professor Martínez pela sua trajetória e dedicação em prol do crescimento da área”, comemora Pablo Martin Rodriguez, Presidente da SBMAC.

O Presidente da Associação Argentina de Matemática Aplicada, Computacional e Industrial, Pablo Lotito, também expressou sua satisfação com a honraria recebida por Martínez. “As autoridades da ASAMACI têm o prazer de saber que entre os vencedores dos prêmios ICIAM 2023 está o professor José Mario Martínez, que não é apenas membro honorário, mas também formador e colaborador de muitos de nossos membros. Além das palestras que proferiu em nossos congressos, suas contribuições se refletiram direta e indiretamente em várias das comunicações apresentadas ao longo dos anos. Por esses motivos, a ASAMACI não hesitou em apoiar sua candidatura e hoje comemora o resultado”, disse.

O subcomitê do Prêmio ICIAM Su Buchin foi formado por Lois Curfman McInnes (Laboratório Nacional de Argonne, EUA), Tanniemola Liverpool (Universidade de Bristol, Reino Unido), Amiya Kumar Pani (Instituto Indiano de Tecnologia Bombaim, Índia), Precious Sibanda (Universidade de Kwazulu-Natal, África do Sul) e Pingwen Zhang (Universidade de Pequim, China).

Outros premiados

Os prêmios ICIAM 2023 também possuem outras categorias. As premiações serão entregues na Cerimônia de Abertura do Congresso Internacional de Matemática Industrial e Aplicada, ICIAM 2023, a ser realizado em Tóquio, no Japão, de 20 a 25 de agosto do próximo ano. O Comitê dos Prêmios foi comandado por Ya-xiang Yuan, presidente da organização. 

O Prêmio ICIAM Collatz, estabelecido para fornecer reconhecimento internacional a cientistas individuais com menos de 42 anos de idade por trabalhos excepcionais em matemática industrial e aplicada, foi concedido para Maria Colombo, matemática italiana da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça.

O Prêmio ICIAM Lagrange, destinado para fornecer reconhecimento internacional a matemáticos individuais que deram uma contribuição excepcional à matemática aplicada ao longo de suas carreiras, ficou com o matemático italiano Alfio Quarteroni, professor do Politecnico di Milano e membro de diversas associações e sociedades científicas.

O Prêmio ICIAM Maxwell, que fornece reconhecimento internacional a um matemático que demonstrou originalidade em matemática aplicada, foi dado ao matemático chinês Weinan E, diretor do Centro de Pesquisa em Aprendizado de Máquina da Universidade de Pequim e professor do Departamento de Matemática e Programa de Matemática Aplicada e Computacional da Universidade de Princeton.

Por sua vez, o Prêmio da Indústria ICIAM, voltado para os cientistas que fizeram contribuições extraordinárias para técnicas matemáticas inovadoras com impacto comprovado na indústria, foi dado ao matemático estadunidense Cleve B. Mole, fundador e matemático-chefe da Math Works, Inc e membro da Society for Industrial and Applied Mathematics (SIAM) e da Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos.
Por fim, o Prêmio Pioneiro do ICIAM ficou para Leslie Greengard, matemático estadunidense da Courant Institute of Mathematical Sciences e do Flatiron Institute, Simons Foundation, da Universidade de Nova Iorque. Ele foi premiado por seu trabalho pioneiro em algoritmos rápidos.

Compartilhe:

2022

CONFIRA NOSSOS DESTAQUES

A SBMAC cria um ambiente propício para o intercâmbio de ideias e experiências entre pesquisadores(as), profissionais e estudantes das mais diversas áreas da Matemática Aplicada e Computacional. Parte importante de nossas atividades é dar destaque, através de prêmios e publicações, à pesquisa desenvolvida na área pela comunidade científica.